Padrasto e enteado são suspeitos de matar mulher e colocar corpo em mala; ambos foram presos

Compartilhar

Na manhã desta quinta-feira (4), um homem de 30 anos, identificado como Otavio Rafael Felicetti, foi preso na rodoviária de Curitiba. Ele é um dos suspeitos de matar Gabriele da Rosa e esconder o corpo dela dentro de uma mala.

O enteado dele, que também é suspeito de participação no crime, já tinha sido preso na última quarta-feira (3). Ele confessou ter matado a mulher com golpes de faca.

Gabriele da Rosa trabalhava como garota de programa e desapareceu no dia 13 de dezembro de 2023, depois de ir a casa de Felicetti, que era seu cliente.

Uma das evidências que a polícia encontrou foi um vídeo de uma câmera de segurança, que mostram Otavio Felicetti puxando uma mala na região do Porto Belo, em Foz do Iguaçu (cerca de 400 km de Maringá).

Foto: Reprodução / Câmera de segurança

“Ele aparecia, em imagens, puxando uma mala que possuía justamente as características daquela que o corpo da vítima se encontrava quando foi localizado. As imagens revelam, inclusive, que a mala que ele puxava demonstrava estar com peso”, contextualiza a delegada da Polícia Civil Iane Cardoso.

Com a prisão dos dois suspeitos, a Polícia Civil continua com as investigações para apurar as causas do crime.

Foto: Divulgação / Polícia Civil


Compartilhar