Maringá espera arrecadar R$ 303 milhões com os pagamentos do IPTU em 2024

Compartilhar

A estimativa é da Secretaria Municipal da Fazenda. Do valor total, o município espera receber 70% com os pagamentos à vista do tributo. Carnês já começaram a ser entregues pelos Correios, mas também podem ser emitidos de forma online.

Por Victor Ramalho

Maringá espera arrecadar, em 2024, R$ 303 milhões com os pagamentos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A estimativa é da Secretaria Municipal da Fazenda, vinculada à Prefeitura de Maringá.

Neste ano, o município emitiu 182.666 guias do IPTU, que já começaram a ser entregues pelos Correios na terça-feira (2). Os contribuintes também têm a opção de realizar a emissão da guia de forma online (clique aqui para emitir).

O valor é cerca de R$ 30 milhões superior ao que a cidade arrecadou em 2023. No ano passado, conforme a Secretaria da Fazenda, foram aproximadamente R$ 270 milhões arrecadados com o IPTU. Para este ano, o imposto sofreu um reajuste de 5%.

De acordo com a Prefeitura de Maringá, há previsão de recebimento de 70% do valor total, cerca de R$ 212 milhões, somente com os pagamentos à vista. Há desconto progressivo para quem realizar o pagamento total até fevereiro – saiba mais abaixo.

Em 2023, Maringá arrecadou aproximadamente R$ 157 milhões com o pagamento à vista do IPTU no mês de janeiro. No mesmo mês, a quitação da primeira parcela rendeu aproximadamente R$ 7,9 milhões, de acordo com a Secretaria da Fazenda.

Descontos para o pagamento à vista podem chegar a 10%

Para 2024, Maringá segue ofertando descontos progressivos para quem optar pelo pagamento do IPTU à vista. Para pagamentos até o dia 25 de janeiro, o desconto é de 10% sobre o valor do tributo. Para quem realizar a quitação até o dia 9 de fevereiro, o desconto será de 7%.

Quem optar pelo pagamento parcelado deve se atentar aos prazos: o vencimento da primeira parcela será no dia 25 de janeiro. Assim como nos anos anteriores, tributos com valores entre R$ 60 e R$ 120 serão divididos em seis prestações, enquanto os valores acima de R$ 120 serão parcelados em 12x.

Os contribuintes que desejarem, podem emitir a guia de pagamento do IPTU de forma online, diretamente no Portal do Contribuinte. Na página, basta informar o número do CPF.

Pedidos de isenção seguem até o dia 31 de março

Segue valendo, até o dia 31 de março, o prazo para solicitação da isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Segundo a Prefeitura de Maringá, têm direito ao benefício idosos acima dos 65 anos, aposentados, pensionistas e pessoas com deficiência que cumpram alguns requisitos, tais como:

  • Comprovar que são proprietários do imóvel, que residem no local e que não possuem outras propriedades no município;
  • A renda familiar mensal de todos os moradores do imóvel não deve ultrapassar três salários mínimos;
  • A área construída do imóvel não pode ultrapassar 150 m² se for de alvenaria, 200 m² se for de madeira e 200 m² se for de construção mista (com área construída de alvenaria não superior a 150 m²);
  • A área útil do terreno não pode ser maior que 1 mil m².

O pedido de isenção pode ser realizado na Praça de Atendimento do Paço Municipal, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, e também de forma online, na página do Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

Imagem Ilustrativa/Rafael Macri/PMM


Compartilhar