Um dos primeiros youtubers do Brasil, PC Siqueira, é encontrado morto dentro de apartamento em SP

PC Siqueira
Compartilhar

Na tarde desta quarta-feira (27), o youtuber Paulo Cezar Goulart Siqueira, mais conhecido como “PC Siqueira”, foi encontrado morto em seu apartamento na Zona Sul de São Paulo.

A polícia foi chamada por volta das 17h53 e, após chegar ao local, a equipe encontrou o rapaz já sem vida. As autoridades confirmaram que a causa da morte foi suicídio.

PC Siqueira foi um dos pioneiros do Youtube no Brasil e ganhou fama em 2010 quando passou a fazer vídeos no seu vlog “Mas poxa vida”, que hoje se chama “PC Siqueira”. Em seu trabalho na internet, ele falava abertamente sobre seus problemas com depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

Na semana passada, PC Siqueira postou seu último vídeo no Youtube, no qual ele desabafa sobre o término de um namoro que durou mais de um ano e revelou que estava novamente enfrentando problemas na saúde mental.

“Depressão bateu de novo, estamos mais uma vez na luta contra a depressão”, lamentou.

A ex-namorada de PC Siqueira contou à polícia que estava no apartamento quando ele cometeu suicídio. Em seu depoimento, ela relata que o rapaz teria misturado álcool, remédios controlados e drogas e passou o dia “dopado”.

Em certo momento, ela percebeu que PC Siqueira pretendia se matar e tentou impedi-lo. Então ela entrou em desespero e foi buscar ajuda.

A jovem ainda disse à polícia que essa não foi a primeira fez que o ex-namorado tentou tirar a própria vida.

Em março deste ano, PC Siqueira havia sido encontrado desacordado em casa e foi socorrido por bombeiros. Na ocasião, ele agradeceu o apoio dos fãs e admitiu que estava se recuperando de uma tentativa de suicídio.

PERSEGUIÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Em 2020, PC Siqueira foi acusado de abuso infantil, após terem sido vazados supostos áudios nos quais ele afirmava ter “traços de pedofilia”. Em outras mensagens que circularam nas redes sociais, PC afirmava que teria recebido fotos de uma criança de seis anos nua.

Com isso, o youtuber foi investigado por crimes sexuais contra crianças. PC Siqueira negava as acusações e sempre se declarou inocente, além de alegar ter sido vítima de uma “articulação criminosa”.

Após uma investigação policial, a perícia não encontrou provas de pedofilia ou pornografia infantil em seus dispositivos eletrônicos. O inquérito não chegou a ser concluído.

Apesar da falta de conclusão sobre o caso, PC Siqueira sofreu ataques nas redes sociais, o que afetou a saúde mental do youtuber.

Como procurar ajuda

Para as pessoas que querem e precisam conversar, o Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio emocional e prevenção do suicídio por meio do telefone 188, além das opções chat e e-mail.

Foto: Reprodução / Youtube


Compartilhar