Homem invade igreja e furta cálice banhado a ouro; Polícia prendeu o suspeito

Compartilhar

Um homem de 27 anos foi detido pela Polícia Civil do Paraná (PC-PR) sob a acusação de invadir uma igreja em Ivaiporã e furtar um cálice banhado a ouro, utilizado para guardar hóstias. O incidente ocorreu na madrugada de terça-feira, 19 de abril.

De acordo com o delegado Erlon Ribeiro da Silva, fiéis que chegaram à igreja pela manhã perceberam uma janela aberta. Durante a inspeção, constataram o desaparecimento do cálice. Além disso, observaram que imagens e peças religiosas estavam desorganizadas pelo local.

A Polícia Civil foi acionada e, após receber uma denúncia, dirigiu-se à residência do suspeito, onde encontrou o objeto religioso sobre uma geladeira. O homem foi preso em flagrante.

Segundo as autoridades, após o furto, o suspeito tentou, sem sucesso, vender o cálice em um estabelecimento de ferro-velho. Em depoimento à polícia, o indivíduo negou envolvimento no crime.

Em resposta ao episódio, o bispo Carlos José Oliveira anunciou a realização de uma missa de desagravo na próxima sexta-feira, 22 de abril, às 19h30. O bispo explicou que tal ato religioso é previsto no Direito Canônico e serve como uma forma de reparação diante do ocorrido.

Foto: Divulgação Polícia Civil


Compartilhar