Sobe o percentual de brasileiros que mora de aluguel, aponta IBGE

Compartilhar

Foto: José Fernando Ogura / AEN 

O número de brasileiros que vivem em casas alugadas aumentou nos últimos anos, segundo um estudo do IBGE divulgado nesta quarta-feira (6). Em 2022, 20,2% da população morava em imóveis alugados, um aumento em relação a 2019 (18,5%) e 2016 (17,3%).

Por outro lado, a parcela de pessoas que moram em casas próprias e quitadas diminuiu de 67,8% em 2016 para 64,6% em 2022. As casas próprias ainda em financiamento se mantiveram estáveis em 6,2% no mesmo período.

O estudo faz parte da Síntese de Indicadores Sociais, que usa dados da Pnad Contínua e de outras fontes. O IBGE não explicou as causas da mudança, mas disse que ela pode estar relacionada com fatores econômicos ou comportamentais.

O aluguel de casas é mais comum entre os jovens de 15 a 29 anos e nas regiões Sudeste e Centro-Oeste. Outros 8,8% da população moram em casas cedidas por empregadores, familiares ou outros, e 0,2% em outras situações.

Fonte: IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)


Compartilhar