PM morre após ser baleado por colega em operação contra estupro

Compartilhar

Foto: Ilustrativa

Na noite desta segunda-feira (27), uma operação policial terminou em tragédia na cidade de São Bendito, no interior do Ceará. O sargento Roberto da Silva Almeida, de 30 anos de serviço na Polícia Militar, foi baleado na cabeça por um colega de farda, que disparou acidentalmente. As informações foram divulgadas pela Folhapress.

Os policiais foram acionados para prender um homem suspeito de estupro, que estava sendo agredido pela população. Durante a tentativa de conter o tumulto, o sargento Almeida foi atingido pelo tiro.

Ele foi socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. O policial que efetuou o disparo e o suspeito de estupro foram encaminhados à Delegacia Regional de Polícia Civil de Tianguá, onde prestaram depoimento.

Uma perícia será realizada para esclarecer as circunstâncias do acidente. A Associação dos Profissionais da Segurança lamentou a morte do sargento Almeida, que estava próximo de se aposentar, e elogiou sua trajetória na corporação.


Compartilhar