Casal é preso com laboratório de drogas sintéticas e chicletes alucinógenos no PR

Compartilhar

Foto: Reprodução / PM

Na madrugada desta terça-feira (28), uma operação conjunta do Ministério Público do Paraná (MP-PR) e da Polícia Militar (PM) desarticulou um laboratório de drogas sintéticas e opióides no bairro Bacacheri, em Curitiba. No local, os policiais prenderam um casal que usava as redes sociais para vender drogas de alto padrão aquisitivo para um círculo restrito de pessoas.

Os policiais chegaram até os suspeitos após um trabalho de inteligência que identificou um indivíduo que se apresentava como “Ankheer” (âncora, em alemão) nas redes sociais. Ele e a esposa eram responsáveis pela produção e distribuição de drogas como maconha, haxixe, cogumelo, MD, LSD e codeína. Eles também vendiam medicamentos proibidos, como estimulantes e abortivos, forneciam atestados médicos falsos e até mesmo documentação falsa, como CNH.

No laboratório, os policiais encontraram insumos químicos, balanças e instrumentos para a confecção das drogas. Uma das drogas que chamou a atenção da PM foi uma espécie de goma de mascar que continha uma substância que simulava os efeitos do THC, o princípio ativo da maconha. Os policiais também apreenderam dinheiro e celulares.

O casal foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil e deve responder por tráfico de drogas, falsificação de documentos e associação criminosa. A operação do MP-PR e da PM faz parte de uma ação integrada de combate ao tráfico de drogas na capital paranaense.

*Com informações Banda B.


Compartilhar