Black Friday movimenta comércio e economia no Paraná

Compartilhar

Foto: Reprodução / Rovena Rosa / AB

Índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) sobe pelo segundo mês consecutivo no estado

O índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) subiu pelo segundo mês consecutivo no Paraná. O indicador, aferido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), teve alta de 1,7% em relação a outubro e marca 104,2 pontos em novembro.

Esse aumento também é reflexo da expectativa de compras na Black Friday, em que 40,5% dos consumidores do estado veem vantagem e pretendem comprar durante a companha de promoções segundo sondagem da Fecomércio PR e do Sebrae/PR. Inclusive, 31,4% antecipam suas compras de Natal.

O impacto da Black Friday no indicador pode ser observado no fator Momento para Compra de Bens Duráveis, que foi o que mais cresceu na variação mensal, com elevação de 8,7%. A Perspectiva de Consumo teve ampliação de 6,1%. A avaliação sobre aspectos profissionais melhorou 3,6% em relação à Perspectiva Profissional e 0,6% sobre a segurança no Emprego Atual. A avaliação que os paranaenses fazem em relação a sua Renda Atual se manteve estável, com 0,3%. Já a opinião sobre o Acesso ao crédito caiu 1,9% e sobre o Nível de Consumo Atual baixou 1%.

O cenário nacional registrou estabilidade, com a ICF mantendo-se em 104,9 pontos.

Faixa de rendimentos

O indicador de consumo subiu 2,2% entre as famílias de menor renda, que somam 102 pontos. Entre as famílias com renda acima de dez salários mínimos, o índice caiu 0,6% e registra 114,8 pontos. A apreensão entre os que ganham mais reside na situação do Emprego Atual, que teve uma redução de 4,7% de outubro para novembro.

Fonte: Fecomércio PR


Compartilhar