Menino de 10 anos é abusado sexualmente por colegas em viagem escolar no Paraná

Compartilhar

Foto:  Divulgação / Ilustrativa

Um caso de abuso sexual envolvendo alunos de uma escola municipal de Cascavel, no Paraná, está sendo investigado pela Polícia Civil e pelo Conselho Tutelar. Segundo a denúncia da mãe de uma das vítimas, um menino de 10 anos foi obrigado a praticar sexo oral em três colegas durante uma excursão a Foz do Iguaçu, no dia 27 de outubro. As informações foram divulgadas por Fábio Wronski, do CGN.

A mãe disse que só soube do ocorrido no dia 9 de novembro, depois que a diretora da escola foi informada por um dos agressores. Ela afirmou que o filho ficou com vergonha de contar o que aconteceu e que os outros alunos passaram a fazer desenhos na sala de aula, simulando o ato sexual.

A mulher relatou ainda que os meninos que abusaram do filho assistiram a um filme pornô no celular de um deles durante a viagem de volta e que apenas duas professoras acompanharam a excursão. Ela registrou um boletim de ocorrência na delegacia e denunciou o caso à imprensa.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) confirmou que tomou conhecimento do caso e que está tratando o assunto com sigilo, em parceria com o Conselho Tutelar. A Semed disse que orientou os pais das crianças envolvidas e que respeita o direito da família de buscar esclarecimentos e responsabilização criminal. A secretaria reafirmou seu compromisso com a proteção dos direitos das crianças matriculadas na rede pública municipal de ensino.


Compartilhar