Operação da PF contra descaminho e lavagem de dinheiro cumpre mandado em Maringá

Compartilhar

De acordo com a Polícia Federal, quadrilha usava empresas de transporte rodoviário para importar produtos do Paraguai. Outros mandados foram cumpridos em cidades da região.

Por Victor Ramalho

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira (21) a Operação Simulação, com o objetivo de combater uma organização criminosa acusada dos crimes de descaminho e lavagem de dinheiro. Um dos mandados de busca e apreensão foi cumprido em Maringá.

De acordo com a PF, o grupo criminoso realizava a importação de mercadorias estrangeiras, oriundas do Paraguai, sem o recolhimento dos tributos devidos, além de omitir os ganhos com as importações ilegais. Para isso, a quadrilha utilizava empresas de transporte rodoviário para a importação e distribuição dos itens. Posteriormente, pessoas físicas e jurídicas eram usadas em um esquema de lavagem de dinheiro, assumindo a autoria das compras em caso de apreensão de mercadorias.

Ao todo, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, sendo quatro em Londrina, oito em Arapongas, um em Maringá e um em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. Além disso, a Justiça também determinou bloqueios de bens na casa dos R$ 6 milhões entre os suspeitos.

Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro, cujas penas, somadas, podem chegar a dezoito anos de prisão.

Foto: Divulgação/Polícia Federal


Compartilhar