Mulher trans é morta a facadas após marcar encontro; ela trabalhava em salão de beleza

Compartilhar

Foto: Reprodução / Band B

Na noite desta terça-feira (14), uma mulher trans foi morta a facadas na região central de Curitiba. Ela foi encontrada com um corte profundo na garganta na Alameda Cabral, perto da Avenida Princesa Isabel, por pessoas que trabalhavam em um bar próximo.

A Polícia Militar foi acionada, mas a vítima já estava inconsciente quando as equipes chegaram ao local. Ela teria andado por cerca de 100 metros com o ferimento, até pedir ajuda. A morte foi constatada pouco tempo depois.

Segundo a Polícia Civil, a mulher trans trabalhava em um salão de beleza e morava perto do local do crime. Ela teria marcado um encontro com um homem horas antes de ser atacada.

O delegado Victor Menezes disse que a investigação está em andamento e que qualquer informação sobre o caso pode ser repassada pelo número 0800-643-121. Ele não descartou a hipótese de crime de ódio.


Compartilhar