Policial de folga ignora pedido de socorro de jovem negro ameaçado por homem armado

Compartilhar

Foto: Reprodução

Um vídeo gravado por um fotógrafo mostra um homem armado com uma pistola agredindo e ameaçando um jovem no parque da Juventude, próximo à estação Carandiru do metrô, na zona norte de São Paulo, no domingo (12). Uma policial militar que estava de folga e fardada presenciou a cena, mas não interveio e ainda chutou o rapaz que era vítima da violência. As informações foram divulgadas por Paulo Eduardo Dias, da Folha de São Paulo.

O caso foi divulgado pela Ponte Jornalismo na segunda (13) e gerou repercussão nas redes sociais. O fotógrafo, que preferiu não se identificar, disse à Folha que estava saindo da estação quando ouviu gritos e viu o homem armado e o adolescente imobilizado por outras pessoas. Ele suspeita que o jovem tenha cometido um furto na região, que registrou alta nos crimes.

Ele então pegou o celular e começou a filmar a situação. Ele também pediu ajuda à policial que estava na entrada da estação, mas ela disse que ele deveria ligar para o 190 e pedir uma viatura. Ela não se moveu do lugar, mesmo quando o homem armado se aproximou dela com a arma em punho. Ela ainda agrediu o jovem com um chute, antes dele fugir correndo.

Quando o fotógrafo questionou a atitude da policial, ela se irritou e o ameaçou de prisão, chegando a agarrá-lo pelo pescoço.

A Secretaria da Segurança Pública informou que a Polícia Militar está apurando o caso e tentando identificar o homem armado. A pasta disse que o comportamento da policial pode ser considerado uma transgressão disciplinar grave, pois ela deveria ter agido prontamente ao presenciar um crime, mesmo estando de folga.

A Ouvidoria da Polícia também abriu um procedimento e pediu providências à Corregedoria da PM e ao Ministério Público.


Compartilhar