Diniz elogia nova geração de talentos do Brasil e descarta pressão por substituir Neymar

Compartilhar

Foto: Vitor Silva/CBF / Jogada10

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (15), o técnico da Seleção Brasileira, Fernando Diniz, comentou sobre os jovens jogadores que estão se destacando no futebol brasileiro e mundial. As informações foram divulgadas pela redação do Esporte da Band.

Diniz afirmou que o Brasil tem uma “geração extremamente talentosa” que pode contribuir com a Seleção nos próximos anos, mas ressaltou que não há necessidade de colocar uma responsabilidade excessiva nos novos atletas de ocupar o lugar de Neymar.

Neymar, que é o principal jogador da Seleção, está afastado dos gramados desde que sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo em jogo contra o Uruguai, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. O atacante só deve voltar a jogar em agosto de 2024, após passar por uma cirurgia.

Diante disso, Diniz disse que não acha justo que alguém tenha que assumir o papel de Neymar como o líder técnico da Seleção.

“Eles têm que jogar de forma natural e tranquila, sem se preocupar em assumir o papel do Neymar. Isso não existe”, declarou Diniz na Granja Comary.

O treinador citou alguns nomes que estão se sobressaindo no cenário internacional, como Raphinha, do Barcelona, Rodrygo e Vini Jr, do Real Madrid, Martinelli e Jesus, do Arsenal.

“São jogadores que se mostraram muito no mundo do futebol, e que, de forma natural, vão assumir esse protagonismo”, concluiu Diniz.


Compartilhar