Guarda Civil Municipal de Maringá completa 16 anos de atuação

guarda civil municipal de Maringá
Compartilhar

Por Felipe Augusto / PMM

A Guarda Civil Municipal completa 16 anos de atuação na segunda-feira, 28. A data será oficialmente celebrada às 9h, no Auditório Hélio Moreira, com a entrega de medalhas e honrarias aos agentes pelos serviços prestados à comunidade.

Os mais de 120 agentes atuantes passam constantemente por capacitações e treinamentos, o que garante preparo e eficiência nas ações de segurança e bem-estar da comunidade, além de participarem de operações integradas com as polícias e demais secretarias.

Em 2023, a Prefeitura de Maringá criou o Centro de Controle Integrado (CCI), sistema de monitoramento moderno e inteligente, com investimento de R$ 5,7 milhões. São 70 câmeras que auxiliam no reconhecimento facial e de placas de veículos. O CCI conta com integração de dados com as polícias Militar e Civil e o Corpo de Bombeiros.

“A Prefeitura de Maringá investe em segurança e busca aprimorar, cada vez mais, a estrutura da Guarda Civil Municipal. Todo esse trabalho é reflexo de uma gestão inovadora que investe em conhecimento e inteligência de dados. Garantir a segurança da população é garantir o bem-estar do maringaense”, afirma o secretário de Segurança, Ivan Quartarolli.

Ainda neste ano, o prefeito Ulisses Maia assinou a regulamentação da Patrulha Escolar nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e escolas. Dessa forma, as unidades escolares passaram a ter uma equipe exclusiva da Guarda para garantir a segurança dos estudantes e comunidade escolar.

Além disso, a Prefeitura de Maringá criou a Escola de Formação da Guarda Civil Municipal, com foco na promoção de cursos, capacitações e atividades de fiscalização e segurança. A formação tem 865 horas e Estágio de Qualificação Profissional (EQP). São 100 horas/aula anuais oferecidas aos participantes, 20 a mais que as previstas em lei.

Nos últimos doze meses, a Guarda realizou cerca de dez mil atendimentos na cidade. Destes, destaca-se a atuação na recuperação de 24 veículos, cumprimento de 33 mandados de prisão, localização de 18 pessoas desaparecidas e 19 situações de tráfico de drogas encaminhados para a delegacia, entre outros.

A Patrulha Maria da Penha da Guarda, criada para atuar exclusivamente no enfrentamento à violência contra a mulher, realizou de agosto de 2022 a julho deste ano 146 diligências e cumpriu quatro mandados de prisões. Atualmente, 38 mulheres são monitoradas com o ′botão do pânico′, dispositivo que tem como objetivo garantir a proteção de mulheres vítimas de violência.

“A Guarda Civil Municipal é referência na região e em todo Paraná. Isso é fruto de um investimento contínuo na formação e gestão de pessoas, com oferecimento de uma estrutura que garante um trabalho de excelência”, destaca a comandante da Guarda, Silvia Regina de Jesus Ferreira.

Celebração de aniversário

Para celebrar o aniversário de 16 anos da Guarda Civil Municipal, serão realizadas diversas ações na próxima semana. Além da homenagem aos agentes na segunda-feira, 28, o ônibus do Hospital do Câncer estará presente na sede da Secretaria de Segurança entre os dias 29 e 31 com mutirão de doação de sangue. Além disso, no dia 30, haverá o ′Dia D da Saúde e Bem-Estar′ para os agentes.

Foto: Thiago Louzada / PMM


Compartilhar