Por falta de estrutura, estudantes usam guarda-chuvas em sala com goteiras

Compartilhar

Foto: Reprodução / Record Tv 

Uma foto mostra alunos de uma escola municipal de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, assistindo aula com guarda-chuvas para se protegerem da água que entra pelo telhado. A situação acontece sempre que chove na cidade, segundo os pais das crianças.

Os responsáveis pelos alunos organizaram um protesto em frente à escola Professora Maria de Araújo da Silva, na manhã desta segunda-feira (21); segundo eles, toda a estrutura do local oferece riscos à integridade dos estudantes. Eles reclamam de teto podre, paredes que dão choque e salas sem ar-condicionado.

A mãe de uma aluna disse que a escola não tem condições de funcionar. “Não existe ambiente para eles ficarem. Chove em todos os ambientes, e não é uma chuva, uma goteira, é uma cachoeira nas salas”, relatou.

Henrique, aluno da instituição — que sonha em ser veterinário — disse que a chuva e o calor impedem a aprendizagem. “Vontade nós temos, mas não temos estrutura”, declarou.

Em nota, a Prefeitura de Duque de Caxias afirmou que a escola foi vistoriada pela Defesa Civil na última semana (mas os problemas persistem) e declarou que sua infraestrutura não oferece risco. Ainda segundo a nota, nos próximos dias serão feitas obras de recuperação do telhado e reforma da cisterna.


Compartilhar