Homem é preso após incendiar casa da mãe da ex-companheira; cachorro morreu carbonizado

Compartilhar

Nesta quarta-feira (16), um homem de 43 anos foi preso em Porto Rico (cerca de 170 km de Maringá). Ele é suspeito de ter ateado fogo na casa da mãe da ex-companheira.

O crime aconteceu em Sarandi, no dia 9 de junho deste ano. O suspeito, identificado como Mauro Cesar Germano, estava foragido desde então.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a ex-companheira, que havia se mudado para a casa da mãe dela. Inconformado com o término, ele foi até a residência e ateou fogo no imóvel.

A casa ficou completamente destruída pelo incêndio. Além disso, um cachorro morreu carbonizado, e outro teve ferimentos graves.

Após ser localizado pela Polícia Civil, o suspeito foi preso preventivamente pelos crimes de incêndio, ameaça, dano e lesão corporal, cometidos no âmbito da violência doméstica e familiar contra a mulher.

Foto: Divulgação / Polícia Civil


Compartilhar