Governo lança Plano Safra com R$ 54,3 bilhões, maior da história do Paraná

Compartilhar

Em evento realizado nesta terça-feira (15), Carlos Massa Ratinho Junior, governador do Paraná, detalhou os investimentos do Plano Safra 2023/2024, marcando o maior financiamento agrícola na história do Estado.

 A iniciativa de R$ 54,3 bilhões, com apoio de instituições como o Banco do Brasil, cooperativas de crédito e BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), foca em estimular uma agricultura mais sustentável e rentável.

Destinação dos recursos no Plano Safra 2023/2024:

Custeio e comercialização: R$ 46,3 bilhões.
Investimentos em novas tecnologias: R$ 9,6 bilhões.
Ações variadas no agronegócio: R$ 1,1 bilhões.

O objetivo central é potencializar a competitividade da agropecuária paranaense, aprimorando sua estrutura de produção e comercialização. Essa estratégia também busca proteger produtores de eventos de perdas e fortalecer a integração da atividade agrícola com a conservação ambiental.

Após o êxito da safra de soja 2022/2023, que alcançou um recorde de 22 milhões de toneladas, Ratinho Junior destaca o compromisso em manter o Paraná como líder em produção alimentar sustentável. O governador ressaltou a sinergia com o Plano Safra nacional e a importância do apoio financeiro especialmente para os pequenos produtores do Estado.

BRDE no Plano Safra 2023/2024:

Wilson Bley Lipski, diretor do BRDE no Paraná, anunciou a expectativa de financiar até R$ 800 milhões nesta temporada. Ele relembrou o sucesso da safra anterior, onde o BRDE teve R$ 1,6 bilhão em operações, com o Paraná gerando 35% desse montante. No total, a instituição aportou R$ 695 milhões, demonstrando seu comprometimento em alavancar o agronegócio paranaense.

Com informações da Agência Estadual de Notícias/Foto: Ari Dias


Compartilhar