Após apagão, energia é totalmente reestabelecida no Paraná, informa Copel

Compartilhar

De acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel), pouco mais de 1 milhão de unidades consumidoras tiveram o fornecimento de energia interrompido nesta terça-feira (15). Problema foi registrado em nível nacional.

Por Redação

A Companhia Paranaense de Energia (Copel), responsável pelo fornecimento de energia elétrica no Paraná, informou no fim da manhã desta terça-feira (15) que o serviço foi completamente normalizado no Estado, que foi vítima de um apagão que atingiu cidades em ao menos 16 estados e o Distrito Federal.

Segundo a Copel, cerca de 1 milhão e 70 mil unidades consumidoras ficaram sem luz no Paraná nas primeiras horas da manhã, o que representa 21% da rede no Estado. Maringá foi uma das cidades atingidas.

Um apagão nacional deixou cidades de ao menos 16 estados e o Distrito Federal sem energia elétrica na manhã desta terça-feira (15). Nas redes sociais, consumidores relatam falta de luz no Amazonas, Piauí, Bahia, Acre, Amapá, Maranhão, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Pará, Paraíba e também no Paraná.

De acordo com a Companhia Paranaense de Energia (Copel), o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) realizou um corte de carga em diversos estados do Brasil, entre eles o Paraná, em função de um problema na interligação do sistema elétrico entre as regiões Norte – Nordeste e Nordeste – Sudeste.

Segundo a empresa que coordena o fornecimento de energia no Paraná, esse mecanismo de corte de carga é conhecido como Esquema Regional de Alívio de Carga (ERAC) e atua preventivamente, quando necessário, para evitar impactos maiores no funcionamento do sistema elétrico nacional, o que ocasionou os desligamentos nos vários estados da Federação.

Foto: Arquivo/Agência Brasil


Compartilhar