Mãe enfrenta atiradores para salvar filho, mas jovem é executado em Sarandi

Compartilhar

Foto: Reprodução / Plantão Maringá

Na madrugada desta terça-feira (08), Marlon Cássio Massarutti, de 19 anos, foi morto a tiros em sua casa na Rua dos Pinheiros, no Jardim Monte Rey, em Sarandi. Ele já havia sido esfaqueado há uma semana por um desconhecido.

Segundo a Guarda Civil Municipal, a mãe de Marlon pediu socorro aos agentes que passavam pela rua. Ela contou que dois homens armados e de capacetes invadiram o imóvel e atiraram contra o filho dela, que estava dormindo no quarto. Ela tentou defender o filho com um pedaço de madeira e um dos suspeitos deixou um capacete para trás.

Marlon foi baleado nas costas e nos ombros e morreu na ambulância do Siate. Ele revelou aos policiais o nome dos autores antes de falecer. A Polícia Militar isolou o local do crime até a chegada do Instituto de Criminalística. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Maringá.

A família estava comemorando o aniversário do irmão de Marlon antes do crime. A motivação do homicídio ainda é desconhecida.


Compartilhar