Número de roubos e furtos de celulares teve aumento de 34,8% no Paraná

Smartphone, celular, em uso.
Compartilhar

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública revela uma crescente preocupação no Paraná, onde os furtos e roubos de celulares tiveram um aumento de 34,8% em apenas um ano. Em média, 113 aparelhos foram furtados ou roubados diariamente por suspeitos no estado.

Os números do Anuário apontam para um cenário alarmante: em 2021, foram registrados 30.576 crimes desse tipo, enquanto no ano anterior esse número era de 41.526, representando quase 11 mil ocorrências a mais.

O relatório também fornece uma análise detalhada das estatísticas por tipo de ocorrência, revelando que houve 11.898 roubos e 29.628 furtos apenas em 2022.

O delegado Marcelo Renk Chagas, responsável pela Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba, alerta que os suspeitos estão aproveitando a distração das pessoas para cometerem os crimes. Ele aconselha a população a redobrar os cuidados com seus aparelhos, evitando deixá-los em locais de fácil acesso, como bolsas desprotegidas ou bolsos traseiros de calças.

Adicionalmente, evitar expor os celulares em superfícies como mesas ou tablados também pode ajudar a prevenir essas ocorrências.

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil


Compartilhar