Idoso é executado a tiros em Ângulo, um mês depois da filha dele morrer em um incêndio

Compartilhar

Na manhã desta segunda-feira (24), um idoso de 66 anos foi encontrado morto, com marcas de tiro, dentro do carro dele, na zona rural de Ângulo (cerca de 40 km de Maringá).

A vítima foi identificada como Urandi Sebastião Wruck. Ele foi executado um mês depois de perder a filha, que morreu em um incêndio na residência onde ela morava.

Segundo informações da Polícia Militar, na noite de domingo (23), o idoso havia saído do sítio onde ele trabalhava como caseiro. Ele tinha ido para buscar o filho na cidade de Ângulo.

Os familiares ficaram preocupados quando Urandi não voltou para casa e começaram a procurá-lo. Na manhã de hoje (24), o filho dele recebeu a informação de que o pai tinha sido encontrado morto no meio de uma plantação, dentro de um Volkswagen Gol.

O Instituto de Criminalística de Maringá esteve no local e, depois do trabalho de praxe, o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

De acordo com os investigadores, Urandi havia se envolvido recentemente em uma briga e vinha recebendo ameaças. A Polícia Civil vai investigar o caso e tenta descobrir a autoria e motivação do crime.

Foto: IML Paraná / Reprodução


Compartilhar