Homem envia pão de mel envenenado para amante da esposa e é denunciado

caso pão de mel envenenado
Compartilhar

O Ministério Público do Paraná (MPPR) denunciou um homem de 44 anos por tentativa de homicídio doloso contra duas pessoas.

O suspeito é acusado de ter enviado um pão de mel envenenado para o amante de sua esposa, em Cascavel (cerca de 270 km de Maringá). Ele deve responder por motivo torpe, emprego de veneno e dissimulação.

O caso aconteceu abril de 2021. De acordo com a investigação, o motivo do crime foi passional. A mulher do acusado tinha uma relação extraconjugal com a vítima e, por esse motivo, o marido decidiu se vingar.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito colocou Carbofurano nos pães de mel, que é um inseticida agropecuário, altamente tóxico. Em seguida, ele contratou uma empresa para fazer embalagens e pagou um vendedor ambulante para entregar os doces na casa da vítima.

Pão de mel envenenado / Foto: Polícia Civil/Reprodução

Após comer o pão de mel, a vítima passou mal e foi encaminhada ao hospital. O homem teve uma parada cardio-respiratória e passou dias internado.

Na denúncia, o Ministério Público ressalta, ainda, que o suspeito assumiu o risco de matar a esposa da vítima, já que os dois moravam na mesma casa. Por causa disso, o acusado pode responder por dupla tentativa de homicídio.

Com informações do Portal G1.

Foto: Divulgação/Polícia Civil


Compartilhar