Secretaria de Educação de Maringá desrespeita o dinheiro público

Por Paulo Vergueiro, jornalista

Tradicionalmente a chamada “semana pedagógica” se destina a um processo de revisão, atualização, discussão e organização dos próximos passos da educação, em função daquilo que pôde ser assimilado no passado e que por isso mesmo, serve de norte para traçar o futuro.

Palestras e interação entre os docentes dos vários níveis da educação é fundamental. Não raro, as instituições privadas promovem Workshop, painéis para debates e as chamadas palestras motivacionais, temáticas ou simplesmente ilustrativas.

Pensando exatamente nessas finalidades, há que se perguntar, e o faço na condição de docente (que fui) e que jamais deixarei de ser, o quanto poderá contribuir para o ensino municipal as palestras de Bráulio Bessa Uchôa : “poesia que transforma”¹ ao módico custo de R$-80.000,00, “A importância da leitura na formação do sujeito”² ao custo simbólico de R$-87.000,00 ( 2 palestras do mesmo sujeito por R$167.000,00).

Ainda, qual a contribuição na educação formal, de uma palestra do Dr. Leandro Karmal³ no valor, meramente institucional de R$196.437,50?????

Ao lembrar as dificuldades operacionais da Secretaria de Educação Municipal com relação ao cumprimento de obrigações mínimas, como uniforme e material escolar, me soa estranho tamanho valor de recursos, para fins absolutamente discutíveis.

Esses valores, poderiam ser aplicados em outras áreas mais necessitadas, dentro da mesma Secretaria de Educação?

Mais, não há qualquer viva alma, em nossa região que possa contribuir com a Educação em Maringá a valores, minimamente mais acessíveis ao erário público?

Comparativamente se faz necessária uma profunda reflexão; nesse mesmo momento, a Secretaria da Saúde, promove um curso de capacitação, já não é palestra, para melhor qualificação dos profissionais da saúde ao valor de R$-4.500,00!!!!!

Pergunta-se: quais os parâmetros adotados para a contratação de palestras e cursos, em todas as áreas nessa gestão municipal?

1. Processo 444/2022
2. Processo 488/2022
3. Processo 443/2022
4. Processo 479/2022

Foto: Bráulio Bessa (Facebook)