Fenaj abre denúncia contra Leo Dias por ferir código de ética

Leo Dias é denunciado pelo Fenaj (Federação dos Jornalistas), após ele ter divulgado informações sigilosas sobre a atriz Klara Castanho.
Foto: Reprodução / SBT

A Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) encaminhou uma denúncia contra o jornalista e colunista Leo Dias nesta quarta-feira (29), após a repercussão do caso da atriz Klara Castanho, de 21 anos.

No sábado (25), Klara Castanho revelou ter sido vítima de um estupro. A atriz engravidou e decidiu entregar o bebê para adoção legal – um processo em que o sigilo é garantido, não só pelo direito da gestante, como também da criança.

Klara Castanho também conta que foi ameaçada por uma enfermeira de ter a história divulgada a um colunista. Algum tempo depois do parto, ela foi procurada por Leo Dias para saber mais sobre o caso.

A pedido de Klara, Leo Dias havia se comprometido a não expor as informações publicamente, mas a história acabou sendo exposta pela youtuber Antonia Fontenelle, que, mesmo sem citar o nome de Klara, entregou informações – como idade, profissão e local de trabalho – que fizeram com que as pessoas descobrissem a identidade da atriz.

Leo Dias não compartilhou nada antes da carta aberta de Klara, mas logo depois escreveu duas matérias em sua coluna, no site Metrópoles, dando detalhes como a hora do parto e o sexo do bebê.

Após a repercussão negativa, as publicações foram retiradas do site e Leo Dias pediu desculpas pelo erro que cometeu ao publicar o texto em sua coluna.

Ainda assim, o Fenaj reforça que há evidências de que o colunista feriu o Código de Ética do Jornalista Brasileiro, e que “a divulgação já havia desencadeado uma onda de ódio nas redes sociais, com novos ataques à honra da atriz, causando sua revitimização num já doloroso momento pessoal”.

O caso será apurado pela Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal.

Veja a publicação completa da Fenaj.