Segundo PF, suspeitos confessaram o assassinato de Dom Phillips e Bruno Pereira

Imagem: Reuters

Nesta quarta-feira (15), os dois suspeitos que estavam sendo investigados pela Polícia Federal, com relação ao desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Pereira, confessaram o assassinato das vítimas. O jornalista e o indigenista estavam há dez dias desaparecidos no Vale do Javari, na Amazônia.

Segundo informações da PF, no último domingo, uma mochila e os documentos de Phillips e Pereira foram encontrados.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, os suspeitos, que são dois irmãos, disseram ter esquartejado e incinerado os corpos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.