Comissão elege Sandra Aparecida de Araujo e Pinto com o prêmio Acim Mulher

A advogada, empresária e agropecuarista Sandra Aparecida de Araujo e Pinto foi eleita, nesta segunda-feira (dia 30), ganhadora do Prêmio ACIM Mulher. Ela foi escolhida por uma comissão julgadora do qual fizeram parte representantes da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM), prefeitura de Maringá, Câmara Municipal, Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), Secretaria Municipal da Mulher, Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Maringá e Região (Sivamar) e Instituto ACIM.

Na primeira fase do processo de escolha, 20 entidades foram convidadas a indicar o nome de até três mulheres que desenvolvem atividade, pesquisa, produto ou projeto social cujo trabalho cause mudança positiva junto à sociedade, além de apresentar soluções em sua área de atuação, servindo de modelo para outras iniciativas, entre outros critérios. Entre os nomes indicados, Sandra foi escolhida por votação secreta.

Maringaense, ela assumiu o controle dos negócios da família, incluindo três fazendas, com apenas 27 anos e grávida de oito meses, após a morte prematura do pai. Ao mesmo tempo, teve que assumir, por 22 anos, o papel de liderança na Destilaria de Álcool Coopernavi, uma cooperativa de Naviraí/MS que posteriormente se tornou usina e foi vendida para um grupo norte-americano.

Atualmente as propriedades rurais dela produzem quase 300 mil toneladas de cana-de-açúcar. Após a venda da Coopernavi, passou a se dedicar a novos empreendimentos e deu início à aquisição de imóveis para construção e locação. Inclusive, Sandra realizou obras importantes para o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco para o Governo estadual e Prefeituras.

Fundou outras três empresas: Alvan, que leva as iniciais dos nomes de dois filhos; Pra Gestão de Empreendimentos, onde atua com os irmãos Luiz Alberto e Paulo Renato; e a Mineradora Nossa Senhora Aparecida, junto com o marido, Henrique Pinto. Além disso, Sandra, dando continuidade à paixão do pai, atua como pecuarista com enfoque em melhoramento genético e é diretora da Sociedade Rural de Maringá. A empresária também realiza ações sociais, auxiliando entidades sociais, em especial em Maringá/PR, Itaquirai/MS, Naviraí/MS e Porto Murtinho/Ms.

A entrega do prêmio será em agosto, em local a ser definido entre os organizadores, que são ACIM e ACIM Mulher. O prêmio é anual e foi criado em 2004, sendo que a última homenageada foi a empresária e agropecuarista Paula Buosi Fabre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.