Começa nesta quinta-feira Expoingá 2022

Retomada da feira gera expectativa de bons negócios e diversão

A Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá volta a ser realizada depois de dois anos, após a interrupção provocada pelas restrições da pandemia da Covid-19.

Na edição de número 48 e 25ª internacional, a expectativa da Diretoria da Sociedade Rural de Maringá (SRM) é de uma grande movimentação no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro.

Todo o ambiente está preparado para receber as famílias e promover experiências únicas no reencontro do público com a Expoingá.

A feira começa no dia 5 de maio e vai até o dia 15, no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro. Tem o objetivo de conectar as pessoas ao novo agro: moderno, cooperativista, profissionalizado.

O agronegócio faz uso do desenvolvimento tecnológico, da biotecnologia, de pesquisas e inovações científicas para crescer, levando o Brasil a ser o quarto maior exportador mundial de produtos agropecuários, a partir da evolução dos últimos anos na produção.

Programação

No contexto da difusão do conhecimento, a programação da Expoingá prevê a realização de 50 eventos técnicos. São palestras, seminários, debates, oficinas, cursos, dia de campo, entre outros.

Entre os assuntos a serem tratados, estão desde os modais de exportação do Porto de Paranaguá, compartilhamento de energia, novos processos produtivos, turismo rural à participação e contribuição que as mulheres dão ao setor.

Expositores

São mais de 1.300 expositores dos segmentos da indústria, comércio, serviço, pecuária, gastronomia, entretenimento e lazer, a diversidade da feira, que por dois anos teve de ser adiada, mais uma vez está garantida, trazendo para o público muitas novidades.

Entre os expositores, há um grupo que vai estrear na Feira. Há, também, empresas recém-criadas ou recém-chegadas a Maringá. “A resposta dos empresários foi positiva. Todos os espaços foram vendidos. E, na véspera da abertura da Feira, ainda, há procura por locais dentro do Parque”, diz presidente da SRM Maria Iraclézia de Araújo.

Pecuária

Na pecuária, são 13 raças de bovinos; cinco, de equinos; e nove, de ovinos, com a Nacional do Suffolk.

A expectativa é de que o ambiente seja favorável para o intercâmbio de experiência e para ampliar o conhecimento sobre as características e as oportunidades para melhorar a qualidade genética do rebanho paranaense.

Além das mostras de animais, há a programação de julgamentos e leilões.

Entretenimento

O entretenimento estará garantido com oito noites de shows com artistas do circuito nacional, rodeio, baladas, o palco cultural, onde meia centena de artistas regionais vão se apresentar, parque de diversão, exposição de pequenos animais e a presença da mais nova atração: o Museu do Agronegócio.

Geração de empregos

A Expoingá é, também, uma tradicional janela de oportunidades para a geração de empregos. São cerca de 10 mil postos de trabalho gerados durante o período do evento, entre diretos e indiretos.

“A quantidade de postos de trabalho necessária para promover a Exposição é maior que a população de muitos municípios do Estado. São trabalhos temporários, mas que contribuem e muito no orçamento familiar das pessoas”, ressalta a presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.