Em operação na região, polícia apreende 10 mil selos de maconha sintética

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu em flagrante oito suspeitos de tráfico de drogas, durante a operação realizada ao longo desta quinta-feira (14), nas cidades de Rio Negro, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Nova Esperança, Paraíso do Norte, Ponta Grossa e São Paulo (SP).

Os alvos são indivíduos que comandam o tráfico no interior de penitenciárias e fora delas. Parte dos investigados encontram-se presos. Durante a operação foram apreendidos 10 mil selos de maconha sintética, 165 quilos de maconha, 11,6 de haxixe, além de dinheiro, armas e munição. Estima-se que o prejuízo ao crime organizado seja de mais de R$ 1 milhão.

“Esse tipo de maconha sintética tem sido muito apreendida em presídios, mas a droga começa a ser localizada também fora das unidades. É um tipo de droga relativamente nova que tem uma alta concentração de maconha, mas não deixa odor e é mais fácil dos traficantes esconderem. Estamos atentos a isso em nossas operações”, destacou o delegado Leandro Roque Munin da Denarc Maringá, que participou da operação.

As investigações começaram em abril deste ano e são decorrentes do Plano de Atuação Sistemática e Integrada (Pasi), que visa combater homicídios provenientes do tráfico de drogas. As primeiras diligências foram realizadas no bairro Cidade Industrial, em Curitiba, e desde então foram ampliadas e alcançaram alvos de diferentes locais do Paraná.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *