Diante da queda no número de pessoas internadas, prefeitura reorganiza atendimento em unidades de saúde

18 de agosto de 2021
Aldemir de Moraes / PMM

A Secretaria de Saúde de Maringá promove nesta semana, uma reorganização no esquema de atendimento de unidades do município. A mudança ocorre em razão da queda no número de pessoas internadas com coronavírus e com o aumento de casos de outras comorbidades.

A partir de sexta-feira, 20, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Sul se junta à UPA Zona Norte e passa a atender pacientes de urgência e emergência clínica não relacionadas ao coronavírus. Já o Hospital Municipal será destinado para internamento de casos de urgência e emergência clínica e pessoas com covid-19.

A UPA Quebec – de acordo com a secretaria – permanece como unidade exclusiva de atendimento a pacientes com sintomas de covid-19, como febre alta, tosse seca, falta de ar e dores de cabeça. Ainda segundo a prefeitura, a taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivos COVID SUS no boletim desta terça, 17, foi de 37,8% a menor do ano.