Duplicação da PR 317 entre Maringá e Iguaraçu é homologada pelo DER e vai custar R$ 183 milhões

10 de agosto de 2021
pr-317
A rodovia para Iguaraçu é a única das que chegam a Maringá que ainda não é duplicada

A duplicação do trecho da PR 317 entre os municípios de Maringá e Iguaraçu vai custar R$ 183.456.873,42. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) homologou o resultado da licitação da elaboração de projeto e execução da obra. O despacho, publicado em Diário Oficial e no portal Compras Paraná, conclui o processo licitatório que começou em abril deste ano, e dá início aos trâmites internos para assinatura de contrato e emissão da ordem de serviço.

Finalizada essa etapa, os trabalhos começam pela elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia, com início dos serviços no trecho conforme os projetos forem sendo aprovados. A obra prevê a duplicação em uma extensão de 21,82 quilômetros, cinco quilômetros de vias marginais, três interseções em desnível, cinco retornos, duas passarelas e a duplicação da ponte sobre o Rio Pirapó.

Serão feitos serviços de execução de terraplenagem, dispositivos de drenagem e obras de arte correntes, galerias celulares, passa fauna, pavimentação, obras de arte especiais, sinalização, melhorias ambientais e demais serviços complementares. O prazo para execução, após assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço, é de 720 dias (24 meses). Os projetos básico e de engenharia devem ser finalizados durante os primeiros 210 dias, mas os serviços no trecho podem ter início até os primeiros 180 dias, conforme os projetos, divididos em subtrechos, forem sendo aprovados.

O anteprojeto da obra foi doado pela Associação Comercial e Industrial de Maringá (Acim), sendo utilizado como base para a licitação do projeto de engenharia e da execução da duplicação, na modalidade Regime Diferenciado de Contratação Integrada (RDCi). (Com informações da Agência Estadual de Notícias)