Expansão do trabalho híbrido, a sua empresa está preparada?

trabalho híbrido
Compartilhar

A expansão do trabalho híbrido é uma tendência para 2023. Você, gestor ou CEO, já considerou a possibilidade de implantar o sistema híbrido de trabalho? Hoje, vamos entender as vantagens e diferenças entre o trabalho hibrido, trabalho remoto e presencial, para te ajudar a definir qual a melhor opção de acordo com a visão estratégica do seu negócio.

Trabalho Híbrido

O trabalho híbrido é, então, uma mistura inteligente de trabalho remoto e dias presenciais no escritório. Em 2020 muitas empresas adotaram o modelo home office, em 2021 e 2022 o modelo híbrido foi uma das soluções para que os colaboradores pudessem retornar aos escritórios de forma presencial alternando dias em casa e dias no ambiente de trabalho.

Quais são as vantagens do trabalho híbrido?

1- Redução de custos: A empresa pode reduzir significativamente as despesas adotando um modelo de trabalho híbrido: em termos de utilidades, espaço e equipamentos.

2- Equilíbrio entre vida profissional e pessoal: Uma queixa muito comum dos colaboradores, principalmente nas grandes cidades, é o tempo “perdido” se deslocando para o trabalho. O trabalho híbrido permite que eles dediquem esse tempo à família, participar de atividades de lazer, dormir um pouco mais pela manhã ou relaxar à noite.

3- Produtividade: Um trabalhador feliz é um trabalhador produtivo. Somado ao bem-estar mental está o bem-estar físico: ao evitar o deslocamento até o escritório, as pessoas podem economizar energia e chegar ao trabalho mais descansadas e ativas.

Trabalho Remoto

O trabalho remoto é aquele exercido a distância, ou seja, pouco importa onde o colaborador está. Ele pode estar na mesma cidade da empresa, em outro município ou estado. Aqui o foco é a flexibilidade.

Vantagens do trabalho remoto:

1- Aumento da flexibilidade dos recursos humanos;

2- Redução de absenteísmo e atrasos, principalmente nas grandes cidades em caso de engarrafamentos, greves etc.;

3- Uma redução nos custos e despesas gerais (sem custos de transporte para o empregador, menos custos de adaptação das instalações etc.;

4- Horários de trabalho mais flexíveis para o profissional se concentrar mais na sua vida familiar, nas suas paixões, nos seus hobbies etc.;

5- Um aumento de eficiência (desde que o profissional seja uma pessoa comprometida).

Trabalho Presencial

É o modelo mais antigo e conservador. Nesse regime, o profissional precisa se deslocar todos os dias até o escritório e exercer suas atividades lá. Conta com a presença dos gestores, que podem oferecer o suporte necessário em caso de dificuldades.

Vantagens do trabalho presencial:

1- Melhor eficiência e interação entre os colaboradores e gestores;

2- Capacidade de alavancar a transferência de conhecimento, assim os colaboradores mais novos aprendem com os seniores e a transferência de conhecimento acontece naturalmente no local de trabalho;

3 – Controle de qualidade reforçado. Um gerente, mesmo com boas conexões digitais, tem mais dificuldade em supervisionar os funcionários remotamente do que o mesmo gerente que pode andar por um departamento, conversar com as pessoas e ver o trabalho com seus próprios olhos;

4- Melhoria da coesão da equipe. Seja como equipe, departamento ou empresa, você pode criar uma cultura de trabalho em equipe e objetivos compartilhados com mais facilidade quando possui uma força de trabalho física.

Realmente, não é fácil desenvolver um senso de cultura da empresa e trabalho em equipe quando as equipes estão conectadas apenas por e-mail, bate-papo e vídeo. Do ponto de vista humano, é mais fácil para gerentes e funcionários se envolverem e interagirem quando trabalham face a face.

Por isso, o sistema híbrido se destaca, unindo as vantagens do presencial e as vantagens de ter alguns dias por semana em home office, assim entendemos o porquê deste modelo estar entre as tendências do mercado de trabalho para 2023.

Como ter sucesso na transição do trabalho totalmente presencial ou remoto para o híbrido?

Eu, enquanto empresário, sou a favor do trabalho presencial. Afinal, no ambiente de trabalho temos trocas que não são as mesmas no virtual, como a partilha de conhecimento entre as pessoas, o aprendizado organizacional, individual, coletivo, a visão estratégica de negócios, reforço da experiência do cliente, entre outros.

Reconheço, no entanto, os benefícios dos três modelos, cada equipe se adapta de uma maneira. Antes de optar pelo modelo híbrido porque está “na moda”, você, gestor ou CEO, deve analisar as possibilidades, analisar a sua estratégia de negócios e a maturidade dos seus colaboradores.

Além disso, também é preciso ter políticas e processos bem definidos, treinamento, conhecimento e grau de maturidade para que a produtividade não seja afetada e a equipe continue sendo orientada por metas.

Se você precisa ser mais flexível em seu ambiente de trabalho, ofereça aos colaboradores a opção de trabalhar em casa alguns dias por mês. Use o tempo no escritório para incentivar o trabalho em equipe e o compartilhamento de conhecimento. Incentive os gerentes a usar o tempo do escritório para observar, motivar e interagir individualmente com os funcionários.

O setor de Recursos Humanos e os Gestores da empresa são os principais responsáveis para gerenciar as equipes híbridas com eficiência. Através da nossa Consultoria de Recursos Humanos, conseguimos apoiar a implantação e/ou reestruturação dos subsistemas de recursos humanos para você e sua empresa. Se você deseja realizar uma análise do seu negócio e definir se o trabalho híbrido é uma boa opção, conte com a Trianon RH e Negócios.

Imagem: Freepik / Foto criada por @DCStudio

J Rodolfo Grou

Siga J. Rodolfo Grou no Instagram:
@J.RodolfoGrou


Compartilhar