Agenda cultural de 05 a 11/08

Teatro, lançamentos, poesia, cinema e muito mais… Veja todos os eventos culturais que vão acontecer em Maringá entre 05 e 11 de agosto.
Foto: Canva

Só em Cena

A sexta edição da mostra de teatro Só em Cena começa oficialmente no dia 11 de agosto, mas já há uma ação rolando na cidade. “Edifício Cristal”, da Cia Incomode-te (Porto Alegre / RS), é um móvel em forma de cristaleira que simula um edifício. São 5 andares e 11 nichos, cada um deles cenografado com material reciclado que simulam apartamentos mobiliados, onde se passam histórias de personagens fictícios (ou não) para o espectador vivenciar como voyer.

Ao chegar na frente da cristaleira, o espectador coloca fones de ouvido que o projeto oferece, escolhe um dos 11 botões (de cada história) e inicia a sua vivência. De acordo com o botão escolhido, o apartamento correspondente ganha vida. Através da narração em áudio, o espectador vai conhecendo aquele lar, seus moradores e histórias. A instalação tem como tema a pandemia, contexto em que foi criada. Está disponível no Mercadão Fratello das 10h às 22h, todos os dias até 20 de agosto, de graça. O “Edifício Cristal” acaba de passar pelo Itaú Cultural em São Paulo / SP e pelo FIT – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto / SP, de onde veio diretamente para Maringá.

A Só em Cena, mostra de teatro realizada pela 2 Coelhos Comunicação e Cultura, tem início dia 11 de agosto com o lançamento do livro “Tempos de Cléo”, de Carolina Santana. Neste dia haverá discotecagem com DJ Babu e distribuição gratuita do livro. O evento é no Espaço Solagasta, localizado na Rua Prof. Itamar Orlando Soares, 181. Mais informações nos instagrams @soemcena e @2coelhoscomunicacaoecultura.

Convite ao Teatro

O projeto Convite ao Teatro desta semana recebe o espetáculo “Magliaço: O mágico palhaço”, com Alexandre Penha da Cia. Escola de Palhaço. A apresentação é às 20h no Teatro Barracão, com entrada gratuita. A classificação é livre para todos os públicos. É a última das três apresentações que este espetáculo fez pelo edital do Convite ao Teatro, realizado pela Secretaria de Cultura. Última chance de assistir!

Lançamento

A escritora maringaense Michelle Joaquim lança neste sábado, 6 de agosto, seu primeiro livro. “A última vez que duvidei de mim” sai pela editora Iperfil e traz 43 poemas de temáticas diversas, mas com uma presença predominante de feminismo e outros assuntos políticos. 

As ilustrações que dialogam com os poemas foram feitas pelo artista maringaense Thiago Caleffi. Quem assina o prefácio é a cientista social, pesquisadora e crítica de arte Elaine Campos. 

A publicação foi viabilizada por meio do Prêmio Aniceto Matti e terá a distribuição gratuita de mil exemplares e também de uma versão em audiolivro que contempla a audiodescrição das imagens (distribuído para as entidades regionais em prol de pessoas cegas e com baixa visão).

Haverá dois eventos para o lançamento do livro: uma noite de autógrafos no sábado (6) às 19h30 no CAC – Centro de Ação Cultural (Av. XV de Novembro, 514), com a participação especial de um grupo de choro e uma mini exposição com outras experimentações artísticas da escritora e do ilustrador e um sarau de lançamento no domingo (7), às 16h, na Casa Lunar (Rua Ibirá, 156, Jd. Alvorada), com a presença de poetas, escritores, mestre de cerimônias e DJ Babu.

Campo Mourão

O projeto Batalha de Poesia está com inscrições abertas para três oficinas culturais que tem como objetivo instruir jovens a lerem e a criarem textos poéticos e se apresentarem em slams (campeonatos de poesia falada).

Após as oficinas será realizada uma Batalha de Poesia com a apresentação dos participantes e premiações aos cinco primeiros lugares.  A classificação indicativa é para maiores de 15 anos.

A primeira oficina acontece nos dias 09, 10 e 11 de agosto. “Poesia e Sociedade” será ministrada por Érica Paiva Rosa, produtora cultural, professora de literatura, fundadora do Slam Pé Vermelho e organizadora do livro recém-lançado “Poesia é o Conselho”.

As outras duas oficinas são “Criação Poética”, ministrada por Jéssica Campos (SP) nos dias 16, 17 e 18 de agosto e “Corpo e Poesia”, com Lucas Afonso (SP) nos dias 23, 24 e 25 de agosto. Os inscritos deverão obrigatoriamente participar das três oficinas. 

Serão ofertadas 20 vagas para cada turma (tarde e noite). É possível optar por participar das oficinas das 13h30 às 17h no auditório da Biblioteca Municipal (R. Francisco Ferreira Albuquerque, 1158-1320) OU das 19h às 22h30 no SESC (Avenida João Bento, 2020 – Centro). 

Nos próximos meses essas oficinas também devem acontecer em Sarandi e Maringá. O grande objetivo do projeto é que, após a sua finalização, o público atendido tenha os conhecimentos necessários para organizem outras comunidades de slams em suas cidades.

Clique aqui para se inscrever.

Espetáculo

Nos dias 05 de agosto, às 15 e às 20h, e 06 de agosto, às 20h, a cidade de Maringá recebe “Homem ao Vento”, espetáculo da Cia Stavis-Damaceno. A apresentação é na Oficina de Teatro da UEM com entrada gratuita.

“Homem ao vento” coloca o espectador em uma sala de ensaios, em um espaço em que nove atores tentam entender e dar andamento aos preparativos de uma peça melancolicamente cômica, repleta de confusões e perturbações próprias da mente do homem contemporâneo. A classificação é 14 anos, com duração de 70 minutos.

Coletivo Sibipiruna

No próximo dia 6/8 tem mais uma edição do Coletivo Sibipiruna. Desta vez o encontro é na Urban Arts, a primeira rede de galerias de arte digital do país, que tem unidade em Maringá desde 2018, localizada na Rua Silva Jardim, 366 – Zona 01.

O Coletivo Sibipiruna, organizado por Marcos Verdeiro e Aurilene Meneguetti, é um encontro de criativos, uma festa do design autoral e independente em que os artistas da cidade e região expõem e comercializam seus produtos. 

Nesta edição mais de 30 marcas de Maringá, Londrina e Cianorte, estarão presentes, expondo e colocando para venda objetos de decoração, vestuário, acessórios para casa e corpo, cosméticos naturais, ilustrações e muito mais.

Quem acredita em um cenário mais colaborativo e unido dentro da economia criativa da nossa cidade deve prestigiar. Além de conhecer as novas coleções de marcas locais, também é possível tomar um chope, saborear delícias e curtir atrações culturais, como DJs e a cantora Cau Russo. A entrada é gratuita.

O tema desta edição é C’ALMA ou “com alma”. A proposta é comemorar a essência, o impulso que faz pensar e criar produtos que carregam significado, singularidades e a energia do novo feito com sentimento, ou seja, produtos com alma!

Estreia

A atriz, escritora e diretora Majô Baptistoni estreia no sábado, 6 de agosto, o solo “Memórias de Aninha”, inspirado na obra poética de Cora Coralina e com dramaturgia e direção de Marco Antonio Garbellini.

Montado de forma independente ao longo de um ano, o duo se reuniu com o desejo de trazer para o público o universo poético da escritora goiana, no qual se faz presente a delicadeza, a memória da infância, da juventude, a sabedoria da velha senhora, o universo de mulheres de todos os tempos.

A equipe criadora, sem muitos artifícios dramáticos, busca transformar os poemas em depoimentos. Assim como é a obra de Cora, trabalham pautados na palavra, a criação de algumas imagens que os guiem dentro desse universo, dos acontecimentos cotidianos, da delicadeza, dos silêncios.

A apresentação é às 20h no Auditório Luzamor (Rua Néo Alves Martins, 1704), com ingressos vendidos a R$ 20.

Convite ao Cinema

Neste sábado o Convite ao Cinema exibe o filme “Harakiri” (Japão/1962), dirigido por Masaki Kobayashi. É às 20h no Auditório Hélio Moreira (anexo a Prefeitura, Av. XV de Novembro, 701), com entrada gratuita. A classificação é 16 anos. O curador e coordenador do projeto, Paulo Campagnolo, comenta o filme:

“A obra-prima de Masaki Kobayashi desafia o tempo com uma arquitetura absolutamente rigorosa (e moderna), com planos de tirar o fôlego, uma cena de violência que já entrou para a história do cinema e com uma performance magistral de Tatsuya Nakadai (hoje com 89 anos – o último dos grandes atores japoneses ainda vivo). Ele é Hanshirō Tsugumo, um envelhecido guerreiro samurai (ou rōnin) sem mestre que chega até o clã Iyi para pedir permissão ao nobre senhor Saitō Kageyu (papel do ótimo Rentaro Mikuni) para cometer haraquiri (seppuku) no pátio do palácio. Na tentativa de dissuadi-lo, Kageyu conta-lhe a história de um outro samurai que também ali esteve com o mesmo pedido. Narrado em flash-backs e com interlúdios magníficos da vida familiar de Tsugumo, Kobayashi cria um dos dramas mais potentes sobre o desafio à tradição e à autoridade – numa clara demonstração de que o presente não estava imune à violação das liberdades individuais, como havia ocorrido no passado, sob a égide do feudalismo. Crítico voraz do poder autoritário, ele coloca seu personagem principal como o indivíduo que arrisca tudo, inclusive a própria vida, numa luta contra uma sociedade corrupta e hipócrita, e contra as forças alarmantes da injustiça. Sóbrio, concentrado, esteticamente deslumbrante e profundamente político, HARAKIRI é simplesmente magnífico!”

Cinema italiano

Até 10 de agosto Maringá recebe o festival 8 ½ Festa do Cinema Italiano, no Cineflix do Maringá Park. O objetivo do projeto é ampliar o circuito e levar o melhor do cinema italiano contemporâneo a diversas cidades do Brasil. 

Mais de 10 filmes integram a programação, inclusive com pré-estreias exclusivas em território brasileiro, circulando por 15 cidades brasileiras, sobretudo capitais e, no meio delas, Londrina e Maringá. Confira aqui as opções e horários para Maringá: https://br.festadocinemaitaliano.com/programa-e-locais/maringa.

Projeto Desperte

Com aulas de canto, dança e teatro, o Curso de Montagem em Teatro Musical do Projeto Desperte está com matrículas abertas para a nova turma. O objetivo é proporcionar aos alunos a experiência completa de um musical, desde as audições e ensaios, até a apresentação de finalização do curso. Foi assim em seis turmas anteriores, quando montaram espetáculos como “O despertar da primavera”, “Mamma Mia”, “Hair” e o recente “Rent”, entre outros.

As aulas começam em 20 de agosto e seguem até novembro, com espetáculo de encerramento em dezembro.

Para a próxima turma o espetáculo escolhido é “Jesus Cristo Super Star”. As mensalidades custam R$ 200 e as aulas são com Ariadine Gomes (preparação vocal), Bianca Cristina (preparação de elenco) e Victor Lovato (direção teatral e coreografias). Vagas limitadas. O Estúdio Projeto Desperte fica na Rua Joubert de Carvalho, 981, Sobreloja. Mais informações no link: http://www.projetodesperte.com.

Circo

O Circo Globo desembarcou na cidade e começa sua temporada de apresentações nesta sexta-feira, 5, a partir das 20h30. O ponto escolhido foi a Av. Dr. Gastão Vidigal, próximo ao Conjunto Cidade Alta, em frente ao Supermercado Bom dia. As sessões acontecem diariamente às 20h30, aos sábados às 17h e 20h30 e domingo às 15h, 17h e 20h30 com ingressos a R$ 19,99 (adultos). Prometem mais de 20 atrações.

Mês da Música

Durante todo o mês de agosto a Secretaria de Cultura estará realizando ações culturais relacionadas ao Mês da Música, obedecendo a lei nº 15382/2019. São apresentações, oficinas e outras atividades que podem ser encontradas nas redes sociais da Secretaria. Uma das atrações nacionais, o Trio Corrente, considerado um dos grupos mais inventivos da cena de jazz brasileira da atualidade, se apresenta neste sábado às 21h no Teatro Barracão.

Siga @2coelhoscomunicacaoecultura no instagram.

Sugestões de pautas e eventos culturais podem ser enviadas para o e-mail: [email protected].