Vida de escritor: 26ª Bienal Internacional do Livro de 2022

Olá, Leitor do MaringáPost! Como você está? Esse final de semana foi muito especial, pois eu estive na 26ª Bienal Internacional do Livro de 2022 e foi a primeira bienal que participei.

Mas afinal, qual é a importância da Bienal Internacional do Livro?

A Bienal Internacional do livro é um dos maiores eventos literários do território nacional.

Para quem ama ler, lá é o paraíso: livros livros e mais livros, estandes das mais diversas editoras, lá você pode ter uma sessão de autógrafos com seu autor favorito, participar de debates, palestras, mesas redondas, além dos estandes ter áreas para fotos com  estruturas diferenciadas, onde você poderá deixar registrado esses momentos mágicos para a posteridade.

Eu aproveitei esse evento para rever amigos, conhecer amigos escritores e divulgar meu trabalho como escritora e como cosplayer, unindo o melhor dos dois mundos, distribuindo marca-páginas para os interessados.

Levei os livros para que o escritor André Vianco pudesse autografar para mim (teve entrevista com ele semanas atrás aqui no Literatura Post, clique AQUI para acessar), conheci muitos colegas escritores onde interagimos  apenas online.

Ou seja, foi um final de semana mágico e divertido, porém cansativo, já que no sábado a fila estava quilométrica, e foi o dobro do público esperado.

No domingo foi mais tranquilo, mas mesmo assim havia filas grandes nos estandes.

Agora, para você que quer visitar a bienal, vão algumas dicas:

Se você é escritor ou bookstan , leve marca-páginas ou cartões de visitas com o Q.R. code do seu contato, seja instagram, facebook, ticktok ou outra rede social. Se você é tímido, usar cosplay chama bastante atenção e facilita a interação com as pessoas.

Leve garrafas d’água, pois há bebedouros no pavilhão.

Leve lanches de casa, caso queira economizar.

Nos últimos dias da feira normalmente rolam promoções.

Dias de semana ou após as 20 horas, o pavilhão está mais vazio para tirar fotos ou participar das interações dos estandes.

Faça uma lista das atividades que você quer participar , o local e o horário, e circule no mapa para se localizar mais facilmente.

Se você é escritor e tiver a condição de participar de um estande (existem editoras que alugam espaço)  é maneira mais fácil dos seus leitores te encontrarem.

E se puder, vá com um calçado confortável.