Dicas para cuidar do seu pet no inverno

Com a temperatura mais baixa, os cuidados com nossos bichinhos devem ser redobrados. É preciso prestar atenção em detalhes como mudanças no comportamento, roupinhas, banho e local de dormir.

Tosa: Manter a rotina da tosa somente para cães praticantes de atividades regulares e que não tenham problemas de saúde. No caso de cães muito idosos ou que ficam ao relento, a dica é aproveitar a proteção natural do animal e evite tosas muito baixas.

Local de dormir: Alguns cães, mesmo tendo sua própria casinha, preferem ficar ao relento. Prenda esses animais em locais fechados nos dias de chuva ou frio intenso. Proteja a caminha do animal do frio colocando algum revestimento de borracha ou estrado evitando o contato direto com o chão. Para os gatos, utilize os arranhadores com toca, é uma ótima dica, pois eles adoram.

Comportamento: Seu animal é sempre muito animado e de repente está quieto e apático. Fique sempre atento às mudanças de comportamento.

Banho: Diminua a frequência de banhos no inverno , os banhos devem ser com água morna e não molhe o animal nos dias mais frios. Seque-o bem após o banho e não deixe que ele saia na rua até, no mínimo, 30 minutos depois.

Vacinas: Cuidado com as doenças respiratórias. É importante manter as vacinas sempre em dia, pois, no frio é mais comum contrair traqueobronquite infecciosa canina, conhecida também como tosse dos canis. A doença é altamente contagiosa e é mais perigosa para animais idosos ou filhotes. Para passear, prefira os horários com mais sol.

Cuidar do seu bichinho é essencial para que ele viva mais e viva saudável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.