Novas igrejas dão espaço à diversidade

Reverendo Célio Camargo e equipe litúrgica no trio elétrico da 5ª Parada LGBT de Maringá, em 2016 (Foto/Randy Fusieger).

Clique AQUI para ler a segunda parte desta matéria.

“Respeitamos, acolhemos. São seres humanos com direitos e deveres iguais”

Fiéis acompanham o culto de adoração à Deus na Igreja das Comunidades Metropolitanas (ICM), em Maringá (Foto/Randy Fusieger)

“Se eu falo que Jesus foi travesti, foi trans, todo mundo fica aterrorizado”

Esta grande reportagem foi publicada originalmente no dia 03/08/2016, junto das demais reportagens na edição impressa especial do Jornal Matéria Prima, denominada Iguais na Diferença, que pode ser acessada na íntegra clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.