A importância dos exames de imagem para manter a saúde dos pets

Os exames de imagem como ultrassom, raio-x, endoscopia e outras técnicas mais avançadas como tomografia computadorizada e ressonância magnética já são a algum tempo uma realidade na medicina veterinária.

São exames que permitem obter informações sobre o paciente de forma rápida e eficiente, contribuindo para a conclusão dos casos mais complexos aos mais simples, auxiliando o médico veterinário a definir prognósticos e condutas clínicas e cirúrgicas.

Para atuar na área de diagnóstico por imagem é preciso ser médico veterinário e é necessário que além da graduação esse profissional realize uma pós-graduação para atuar com responsabilidade em conjunto com o clínico veterinário.

Os nossos pets muitas vezes não demonstram quando estão doentes (principalmente os felinos) e frequentemente só vamos desconfiar de alguma doença quando apresentarem sintomas que podem ser inespecíficos, como: vômitos, diarreia, perda de apetite, emagrecimento, tosse, entre outros. E como o diagnóstico por imagem pode nos ajudar?

Os exames de imagem nos auxiliam na visualização dos órgãos e estruturas internas do paciente facilitando a identificação do problema e dando um direcionamento para o clínico veterinário instituir o tratamento, sem este exame muitas doenças podem passar despercebidas e as chances de cura são reduzidas.

Muito recomendado também como check up e estadiamento de doenças oncológicas, os exames de imagem nos auxiliam na detecção precoce de doenças antes mesmo do paciente apresentar qualquer sintoma clínico, o que aumenta as chances de sucesso no tratamento e tempo de sobrevida do paciente.

Então, se o seu veterinário solicita exames complementares saiba que você está diante de um profissional que se importa e quer conduzir o caso da maneira correta e resolver de fato o problema do seu pet.

Por: Bruna Panini – Médica Veterinária Especializada em Diagnóstico por Imagem.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.