Maringá participa do Dia D de combate à dengue e realiza mutirões de vistoria

Compartilhar

Foto: Reprodução/Rafael Macri-PMM

Neste sábado, 2, Maringá vai se juntar ao Dia Nacional de Combate à Dengue, uma iniciativa do Ministério da Saúde para alertar a população sobre os riscos da doença. Das 8h às 12h, agentes de combate às endemias vão visitar as casas de todos os bairros que fazem parte das 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade, que também estarão abertas para atualizar os dados dos pacientes. Além disso, o município vai realizar outro mutirão de vistoria em 16 de março.

Maringá vem adotando medidas de prevenção e controle da dengue desde agosto do ano passado, quando a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) emitiu um alerta sobre o aumento de casos da doença em vários países. Entre as ações, estão os mutirões aos sábados, as capacitações dos profissionais de saúde e a aplicação do fumacê nas áreas mais afetadas.

O objetivo do mutirão deste sábado é eliminar os possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, e conscientizar a população sobre a importância de manter os quintais limpos e sem água parada. A população é convidada a colaborar com a vistoria e a seguir as orientações dos agentes.

Para evitar a dengue, é preciso descartar corretamente os materiais que podem acumular água, como pneus, garrafas e latas, fechar bem o saco de lixo, trocar a água dos animais domésticos, evitar plantas que acumulam água e manter as piscinas limpas e tratadas.

Em caso de suspeita de dengue, é preciso procurar atendimento médico o mais rápido possível. Os sintomas da dengue são febre, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor no corpo, náuseas e manchas na pele. Se houver sinais de alarme, como sangramento, dor abdominal, vômitos persistentes ou queda de pressão, é preciso ir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima. Para saber mais sobre a dengue, acesse o site do Ministério da Saúde.


Compartilhar

Autor

Notícias Relacionadas