Em assembleia, servidores municipais pedem 10% de reajuste salarial e R$ 600 de vale-alimentação

Compartilhar

A primeira assembleia da Campanha Salarial 2024 foi realizada neste sábado (3), na Câmara de Maringá. Servidores também querem redução na contrapartida do vale-alimentação, que hoje é de 15% do salário.

Por Victor Ramalho

Servidores municipais de Maringá estiveram presentes neste sábado (3), na primeira assembleia da Campanha Salarial 2024, organizada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar).

Na pauta do primeiro encontro do ano, os filiados votaram os números da proposta de reajuste salarial que será encaminhada à Prefeitura. Por maioria, os presentes aprovaram o pedido por 10% de reajuste salarial.

Outro pedido na pauta é o reajuste do vale-alimentação, hoje no valor de R$ 480. Eles querem que o vale seja ampliado para R$ 600, além de uma redução na contrapartida – valor descontado do salário para bancar o vale -, que hoje é de 15% do salário. Os servidores aprovaram o pedido para que a contrapartida caia para 1%.

A proposta aprovada pelos servidores deverá ser enviada ao Executivo nos próximos dias.

Foto: Reprodução/Sismmar/Instagram


Compartilhar