Aeroporto de Maringá inicia operação com ILS, sistema que facilita pousos em nevoeiros

Compartilhar

Foto: Arquivo / PMM 

O Aeroporto de Maringá passou a operar nesta terça-feira, 16, com o ILS, um sistema que permite pousos em situações de baixa visibilidade, como nevoeiros fortes. O equipamento, chamado de Instrument Landing System (ILS), faz parte do processo de modernização do aeroporto.

O ILS é um instrumento de aproximação que orienta os pilotos para a pista, aumentando a precisão e a segurança dos voos. Com o novo sistema, o Aeroporto de Maringá se junta a outros 36 aeroportos no Brasil que possuem o mesmo recurso. No Paraná, apenas Curitiba e Foz do Iguaçu tinham o equipamento.

A operação do ILS foi autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), responsável pela regulação da aviação civil no Brasil. O superintendente do Aeroporto de Maringá, Fernando Rezende, disse que o ILS também vai atrair mais companhias aéreas para o aeroporto, que terá mais potencial de pousos e decolagens.

O Aeroporto de Maringá também recebeu outras melhorias nos últimos anos. Em 2023, foi inaugurada a duplicação da sala de embarque, com investimento de R$ 1,6 milhão. O aeroporto também está construindo uma usina de geração de energia fotovoltaica e vai ampliar e modernizar o terminal de passageiros, com a instalação de pontes de embarque, escadas rolantes, elevadores, esteiras de bagagem, lojas comerciais e outros serviços.

 


Compartilhar