Obras dos viadutos sobre a BR-376, em Sarandi, entram na fase de posicionamento de pilares

viadutos Sarandi
Compartilhar

A construção dos viadutos sobre a BR-376, no trecho urbano de Sarandi, avança para a fase de colocação de pilares, depois da conclusão das 256 bases. Nesse processo foi usado o sistema de estaca de hélice contínua, que permite a injeção de concreto assim que a profundidade adequada é atingida.

Os viadutos foram projetados para conectar as regiões Norte e Sul da cidade com mais rapidez e segurança. Os viadutos, com 760 metros de extensão, estão em fase de construção na altura das avenidas Rio de Janeiro e Brasil. O investimento será de R$ 36,9 milhões. A previsão e conclusão é início do segundo semestre.

A execução das fundações foi antecipada por sondagens para avaliação das camadas de solo. As perfurações foram feitas em 25 locais, com profundidade média de 20 metros. Análises posteriores, em laboratório, estimaram o tipo de solo e suas características, como cor, geologia e resistência, entre outros parâmetros.

A obra prevê duas interseções em desnível ligando as vias marginais da BR-376 (avenida Antônio Volpato e avenida Ademar Bornia), passando sobre as pistas principais da rodovia federal através de dois viadutos alongados, em formato ferradura, funcionando como bolsões incorporados às marginais.

“A obra é fundamental no contexto dos investimentos em mobilidade urbana, considerando a conexão entre as duas partes da cidade, dividida pela BR-376 e ligada hoje por apenas dois acessos”, lembra o prefeito de Sarandi, Walter Volpato. “Essa é mais uma obra de grande importância para cidade”, acrescenta.

Foto: Prefeitura de Sarandi


Compartilhar