Com 7.311 novos postos de trabalho, Maringá é a 2ª cidade do interior que mais gerou empregos no Paraná

Carteira de trabalho digital.
Compartilhar

Entre as 399 cidades do Paraná, 333 tiveram saldo positivo na abertura de vagas de empregos formais nos primeiros 11 meses de 2023, representando 83% do total.Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, o Estado teve saldo positivo de 122.794 vagas de trabalho entre janeiro e novembro do ano passado – índice que leva em conta a diferença entre as admissões e demissões no período.

Com isso, o Paraná teve o melhor desempenho na Região Sul e quarto melhor do País, atrás somente de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

As grandes cidades lideraram a geração de empregos, com destaque para Curitiba, que abriu 22.913 vagas de janeiro a novembro de 2023. No Interior, os destaques são Londrina e Maringá, com 8.470 e 7.311 novos postos, respectivamente. São José dos Pinhais, com 7.135 vagas, e Ponta Grossa, com 4.503, fecham o topo do mercado de trabalho paranaense no acumulado do ano.

Completam o top 25 Cascavel (3.894), Pinhais (3.331), Foz do Iguaçu (3.198), Toledo (3.179), Colombo (2.947), Assis Chateaubriand (2.461), Guarapuava (1.983), Campo Largo (1.800), Paranavaí (1.549), Francisco Beltrão (1.434), Araucária (1.393), Arapongas (1.346), Paranaguá (1.332), Campo Mourão (1.296), Rolândia (1.173), Pato Branco (1.148), Carambeí (1.075), Castro (1.070), Ibiporã (1.007) e Medianeira (946).

Entre as 50 cidades que mais abriram novas vagas de janeiro a novembro, quatro são de pequenos porte, com menos de 25 mil habitantes. Carambeí, cuja população é de 23,2 mil pessoas, ocupou a 22ª posição no ranking estadual com 1.075 vagas de trabalho criadas no período. Com 12,9 mil habitantes, Nova Londrina ficou na 43ª posição com 465 postos. Loanda, por sua vez, tem 23,2 mil habitantes e ficou na 44ª colocação com 23,2 mil vagas. Jandaia do Sul, município de 21,4 mil moradores, ficou na 48ª colocação com 389 vagas abertas.

Em todo o Estado, 134 municípios abriram mais de 100 vagas de janeiro a novembro do ano passado.

NOVEMBRO

Levando-se em conta apenas o mês de novembro, o Paraná foi o quarto do Brasil com o melhor saldo de empregos: 7.842 vagas. O Estado ficou atrás somente de São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

No total, 332 cidades paranaenses tiveram saldo de empregos positivo no mês, representando 83,2% dos 399 municípios. Curitiba novamente ocupou o topo com 3.193 vagas em novembro. Na sequência, vieram Londrina (1.056), Ponta Grossa (479), Maringá (412) e São José dos Pinhais (398).

Completam o top 25 de novembro de 2023 Foz do Iguaçu (381), Colombo (346), Assis Chateubriand (277), Paranaguá (269), Paranavaí (212), Toledo (170), Cianorte (162), Matinhos (141), Castro (138), Ibaiti (127), Itaperuçu (123), Carambeí (121), Campina Grande do Sul (121), Ubiratã (87), Piraí do Sul (74), Irati (70), Loanda (70), Pontal do Paraná (69), Guaratuba (69) e Arapongas (67).

Confira o relatório e mais detalhes no site oficial do Caged.

AEN

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


Compartilhar