Prefeitura avança com cinco frentes de trabalho para recapeamento asfáltico nas regiões Norte e Sul

recapeamento
Compartilhar

Por Murillo Saldanha / PMM

Com empresa terceirizada, a prefeitura de Maringá atua em duas frentes de trabalho na região Norte com recapeamento em toda a extensão da Avenida Naihma Name e na Rua Allan Kardec, o que totaliza mais de 2 km de asfalto novo.

Na região Sul, o município finaliza, com empresa terceirizada, serviço em trecho de 5 km da Avenida José Alves Nendo, entre a Praça Abílio Nagib Neme e a Avenida Francisco Ferreira de Miranda. Outra frente atua na Rua Carlos Burian, com a demolição de pavimento, recomposição com brita graduada e recapeamento. Na sequência, o serviço será iniciado na Avenida João Batista Sanches, com demolição recomposição da base do pavimento e recape.

Além das quatro frentes com empresa terceirizada, a equipe própria da Secretaria de Infraestrutura realiza melhorias no Parque das Grevíleas. No bairro, a Travessa Pioneira Lazarina Felipe Siqueira já ganhou asfalto novo e o serviço segue na Rua Manaus e, na sequência, será realizado na Rua Pioneiro Lourenço Favoreto, onde as equipes realizam a recomposição da base do pavimento.

Entre outubro e novembro, o município realizou recapeamento em 16 km. Receberam asfalto novo a Avenida Paranavaí, no trecho de 7 km entre a Avenida Brasil e a Rotatória Yamaguchi; a Avenida Doutor Alexandre Rasgulaeff, trecho de 3 km entre as avenidas Tuiuti e Lucílio de Held; e a Avenida Sophia Rasgulaeff, trecho de 6 km entre as avenidas Guaiapó e Pedro Taques.

“São investimentos fundamentais em avenidas importantes da nossa cidade e com grande fluxo de veículos. As melhorias facilitam o deslocamento no sentido bairro-centro e centro-bairro para os moradores, tanto da região Sul como da região Norte”, afirma a secretária de Infraestrutura, Maria Lígia Guedes. Na Avenida José Alves Nendo, além do serviço de recape, as equipes também realizam limpeza de galerias e, na sequência, vão executar a recomposição dos meios-fios, cavaletes e tampas de boca de lobo.

Foto: Ana Carolina Alves / PMM


Compartilhar