Trânsito entre Maringá e Sarandi pode ser aliviado com rebaixamento da linha férrea; Obra custa R$ 900 milhões

Compartilhar

Foto: Reprodução  / RICMAIS

Um grupo de trabalho formado por representantes do poder público e da sociedade civil organizada está buscando recursos para custear os anteprojetos de uma obra que visa melhorar o trânsito entre Maringá e Sarandi.

A obra consiste no rebaixamento da linha férrea que corta as duas cidades, permitindo a continuação da Avenida Horácio Racanello, em Maringá, como mais uma via de acesso. A obra também pretende eliminar os cruzamentos ferroviários perigosos que existem na região.

O custo estimado dos anteprojetos é de R$ 900 mil, que devem ser arrecadados por empresários, segundo a reportagem de Letícia Freitas/RICtv Maringá. Já a obra em si pode custar R$ 900 milhões, sem contar os projetos.

A expectativa é que o governo federal participe do financiamento da obra, que é considerada estratégica para o desenvolvimento da região.


Compartilhar