No ‘Agosto Lilás’, Cram de Sarandi se mantém na linha de frente de combate a violência contra a mulher

Cram Sarandi
Compartilhar

No mês dedicado a intensificar a urgência do combate a violência contra a mulher, é importante destacar o trabalho de instituições que estão na linha de frente desse enfrentamento.

O Centro de Referência e Atendimento à Mulher (Cram), de Sarandi, faz acompanhamento psicológico e social, além de orientar sobre os diferentes serviços disponíveis relacionados à prevenção, apoio e assistência às mulheres em situação de violência, tudo de forma gratuita.

O mês foi escolhido para conscientização sobre o combate da violência contra a mulher em referência a sanção da Lei Federal Maria da Penha (n°11.349/2006) , assinada em 7 de agosto de 2006.

A campanha ‘Agosto Lilás’ busca chamar a atenção da sociedade para a persistente violência que afeta as mulheres e encorajar a denúncia e o enfrentamento dessa realidade. Palestra realizada no Rotary Club de Sarandi na noite desta segunda, 21, pela psicóloga Heliane Farias, representando a administração municipal, reforçou esse compromisso.

O Cram é importante porta de entrada para enfrentamento inicial dos problemas encarados pela mulher. As vítimas passam por atendimento psicossocial e levantadas informações sobre o caso.

O aconselhamento psicológico inicial pode ser seguido de encaminhamento clínico para tratamento terapêutico. Além disso, a vítima também passa por avaliação com a assistente social. Nesta etapa, são identificadas vulnerabilidades, encaminhando-a para a rede municipal de acordo com a necessidade.

Neste ano, o Cram já realizou cerca de 800 atendimentos psicológico e social de mulheres vítimas de violência em situação de vulnerabilidade. Além de receber mulheres em suas instalações, profissionais do Cram também fazem visitas domiciliares para acompanhamento e desdobramento dos casos.

A Guarda Civil Municipal também atua diretamente no enfrentamento a violência de gênero. Somente neste ano, 577 fiscalizações já foram realizadas, além de 148 medidas protetivas concedidas e 25 prisões por violência doméstica efetuadas.

SERVIÇO

Cram de Sarandi está localizado na rua Castro Alves, 2688 e denúncias podem ser feitas através do 153, 0800 154 1000 ou pelo whatsapp (44) 99967-9768.

Telefone da Guarda Civil Municipal: 08001531000 ou 31261054.

Foto: Cram Sarandi


Compartilhar