Câmpus de Umuarama da UEM comemora 21 anos com 800 alunos matriculados

Compartilhar

O Câmpus Regional de Umuarama (CAU) da Universidade Estadual de Maringá (UEM) comemorou 21 anos de criação nesta semana. A implantação foi motivada pela reivindicação da comunidade para ampliar a área de atuação da instituição, constituindo-se em fator de integração, mediante o desenvolvimento de atividades acadêmicas de ensino, pesquisa, extensão e cultura, assim como a prestação de serviços.

O Câmpus Regional de Umuarama foi criado em 2002, com a oferta dos cursos de Tecnologia em Construção Civil, Tecnologia em Meio Ambiente, Tecnologia em Alimentos, Agronomia e Medicina Veterinária. Em 2010, o CAU passou a oferecer também os cursos de Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil e Engenharia Ambiental. Os cursos têm hoje aproximadamente 800 estudantes matriculados.

Segundo o diretor do CAU, professor Max Gimenez Ribeiro, o câmpus tem desempenhado um papel vital na transformação da comunidade e na promoção do progresso educacional. “A presença do câmpus na cidade trouxe uma série de benefícios tangíveis e intangíveis. Não apenas contribui para a disseminação da educação de qualidade, mas também desempenha um papel fundamental na economia local, atraindo estudantes de várias regiões, professores renomados e pesquisadores”, afirma.

O CAU possui duas unidades: uma no centro da cidade, que abriga os cursos da área tecnológica, que é o Centro de Tecnologia (CTC), e outra, na fazenda, com os cursos de agrárias. A estrutura ainda inclui salas de aulas, blocos administrativos, laboratórios, biblioteca, refeitório para estudantes e hospital veterinário para pequenos e grandes animais.

Os cursos oferecidos são Agronomia (Integral), Engenharia Ambiental (Integral), Engenharia de Alimentos (Integral), Engenharia Civil (Integral), Medicina Veterinária (Integral), Tecnologia em Alimentos (Noturno), Tecnologia em Construção Civil (Noturno) e Tecnologia em Meio Ambiente (Noturno), na graduação; e Ciências Agrárias (PAG), Produção Sustentável e Saúde Ambiental (PPS) e Sustentabilidade (PSU), na pós-graduação.

O CAU também é polo do Ensino à Distância (EAD) e, atualmente, oferta os seguintes cursos de graduação: Administração Pública, Ciências Biológicas, Física, História, Letras, Pedagogia e Tecnólogo em Gestão Pública.


Compartilhar