Estado vai criar polos de inovação com coworking gratuito em 10 municípios; Maringá receberá um polo

Compartilhar

O Governo do Estado, através da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI), instituiu a criação de polos regionais de inovação em 10 municípios do Paraná. Os Núcleos Regionais de Inovação, Modernização e Transformação Digital (NRIs) têm como objetivo promover o desenvolvimento nos setores público e privado em todas as regiões do Paraná.

Eles serão montados estrategicamente para contemplar todas as regiões do Estado, nas cidades de Paranaguá, Ponta Grossa, Guarapuava, Pato Branco, Cascavel, Foz do Iguaçu, Umuarama, Maringá, Londrina e Jacarezinho.

O projeto também prevê investimento de R$ 1,5 milhão para as cidades envolvidas, por meio da criação de espaços de coworking públicos. Serão implementados, na sede de cada polo regional, locais destinados para trabalho colaborativo, totalmente gratuito para população. Como contrapartida, as prefeituras cedem o local.

Além disso, os NRIs terão a função de prestar apoio técnico às prefeituras no desenvolvimento de projetos de modernização, como explica o secretário da Inovação, Marcelo Rangel. “Cada núcleo será responsável por orientar e acompanhar a execução de medidas que estimulem a cultura da inovação”, afirma.

“Esse é mais um passo para ampliação e unificação do desenvolvimento do Paraná, através de municípios que são referências em suas determinadas regiões. Vamos fomentar uma governança compartilhada, que engloba o Estado, prefeituras, instituições de ensino, Sistema S e a população”, acrescenta Rangel.

Cada cidade terá uma sede física específica, através da criação de uma agência de inovação regional. Já os municípios de menor porte já possuem um programa próprio para implantação de agências de inovação através de convênios entre o Estado e as prefeituras.

Atualmente, há 14 processos em andamento para a implantação de novas unidades. As agências já estão mais avançadas com espaços definidos em Carambeí, nos Campos Gerais; e Morretes e Guaratuba, no Litoral.

Além disso, os primeiros trâmites estão em curso com protocolos em andamento para convênios com os municípios de Ortigueira, Tibagi, Pitanga, Rio Azul, Teixeira Soares, Fernandes Pinheiro, Manoel Ribas, na região dos Campos Gerais; em Arapongas, no Norte; em Itapejara d’Oeste, no Sudoeste; e em Matelândia, no Oeste.


Compartilhar