Cratera na Avenida Paraná foi causada por rompimento de tubulação da Sanepar, diz Prefeitura

Compartilhar

Segundo o município, a causa do problema foi constatada após uma vistoria feita por engenheiros da Prefeitura de Maringá. Sanepar diz que as causas do rompimento ainda estão sendo investigadas.

Por Victor Ramalho

A Prefeitura de Maringá informou, no fim da manhã desta terça-feira (18), que a cratera que se abriu no cruzamento das avenidas Paraná e Horácio Racanello e que, inclusive, quase engoliu um carro, foi ocasionada pelo rompimento de uma adutora da Sanepar que passa pelo trecho.

De acordo com o município, a conclusão foi feita após uma vistoria realizada por técnicos e engenheiros da Secretaria de Obras Públicas (Semop). Um vídeo gravado dentro da linha férrea, que passa por baixo da avenida, mostra um buraco na lateral do túnel, também ocasionado pela água.

Procurada pelo Maringá Post, a Sanepar informou, por meio de nota oficial, que as causas do rompimento da tubulação ainda estão sendo investigadas. A empresa também afirmou que equipes já iniciaram a manutenção do trecho e que o incidente não causará interrompimento no fornecimento de água. O serviço está sendo acompanhado por equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

O trecho segue interditado e sinalizado por equipes da Prefeitura de Maringá. Um outro pedaço da avenida Horácio Racanello, entre as avenidas São Paulo e Herval, também foi interditado preventivamente após análises de engenheiros da Prefeitura e da concessionária que administra a linha férrea. A orientação é para que os motoristas procurem rotas alternativas.

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros


Compartilhar