Maringá atua no combate aos maus-tratos e abandono de animais

Compartilhar

A campanha “Dezembro Verde” conscientiza a comunidade sobre a importância do combate aos maus-tratos e abandono de animais. Desde 2017, quando a gestão municipal institucionalizou a causa animal, foram atendidas mais de 24 mil denúncias. Desse total, foram aplicadas 248 multas, o que totaliza R$ 1,5 milhão. Apenas neste ano, são 26 multas aplicadas, das quais 14 são por abandono.

A multa por maus-tratos é de R$ 2 mil e pode chegar a R$ 10 mil em caso de morte do animal. Nos casos de condições impróprias, a autuação é de R$ 500. As denúncias podem ser feitas pela Ouvidoria Municipal, por meio do aplicativo, site ou telefone 156.

O secretário de Proteção e Bem-Estar Animal, Marco Antônio Azevedo, destaca que, além da fiscalização, o município investe em campanhas de conscientização da comunidade. “Quem comete as infrações precisa ser multado e responder pelos atos. Também precisamos sensibilizar a comunidade sobre a importância da adoção responsável”, afirma.

Dentro da “Campanha Dezembro Verde”, a Prefeitura lançou neste mês a “Árvore da Esperança 2022“. Decorada com imagens de cães e gatos que estão à espera de um novo lar, incluindo pets que foram resgatados, o objetivo da árvore é despertar a atenção da população sobre a causa animal. A árvore está localizada no primeiro piso do Shopping Maringá Park. Por meio de um QR Code, a pessoa pode conhecer os animais e realizar a adoção online.

O secretário reforça que, antes da adoção, é importante que o interessado avalie se tem condições de ofertar um novo lar. “Queremos novas famílias para todos os animaizinhos, mas precisamos que sejam lares responsáveis e que possam garantir cuidado e amor para os pets”.

Foto: Rafael Macri / PMM


Compartilhar

Autor

Notícias Relacionadas