Maringá teve mês de julho com temperaturas mais altas da história

No mês de julho, Maringá registrou, em média, temperatura mínima de 16 ºC. Além disso, foram registrados apenas 2,4 milímetros de chuva.
Foto: Reprodução

Julho de 2022 foi um mês atipicamente quente, tanto em Maringá, quanto em outras cidades paranaenses. Geralmente, o mês de julho é o período em que mais se espera temperaturas baixas no estado, mas, neste ano, aconteceu o oposto: este foi o mês de julho mais quente da história de Maringá.

Segundo o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), a maioria das regiões paranaenses registrou temperaturas entre dois a três graus acima da média climatológica.

Isso aconteceu, principalmente, devido à formação de dois bloqueios atmosféricos consecutivos que impactaram o clima no mês de julho. Esse fenômeno, mais conhecido como “veranico”, resultou em vários dias seguidos de tempo quente e seco.

Especificamente em Maringá, temperatura mínima foi, em média, de 16°C no mês de julho, a mais alta da história.

Já em relação à chuva, Maringá registrou o segundo mês de julho mais seco da história: em todo o mês, choveu apenas 2,4 milímetros. Esse número só perde para o registro de julho de 2017, quando não choveu nenhum milímetro.