Prefeitura de Maringá cancela licitações após ofício do Observatório Social

Foto: Ilustrativa/PMM
 
 
A Prefeitura de Maringá havia entrado no começo do mês com duas licitações para contratar empresas que fornecessem materiais de construção civil semelhantes para duas secretarias distintas: de Educação e de Infraestrutura.

Materiais como forro de gesso, divisórias, portas e piso. O processo de licitação era no modelo pregão eletrônico.

Para a Secretária de Educação (Seduc), o valor máximo a ser pago seria de R $2.200.035,00. Na licitação da Secretaria Municipal de Obras Pública (Seifra), o valor máximo era de R $3.615.980,00. 

O Observatório Social de Maringá encaminhou um ofício à prefeitura pedindo esclarecimento sobre a necessidade de dois processos licitatórios diferentes, com valores distintos, para a compra dos mesmos materiais. É o que explica a presidente do OSM, Cristiane Tomiazzi. 

A Prefeitura de Maringá revogou os processos e ambas licitações foram suspensas. 

*Com informações CBN.